A trama da sétima temporada foi revelada sem que tenhamos percebido?

Durante o painel de American Horror Story: Roanoke na PaleyFest 2017, muitos fãs que estavam presentes e outros que acompanharam as notícias pela internet ficaram bem insatisfeitos com a falta de informações a respeito da próxima temporada durante o decorrer do mesmo. Porém, o usuário do Reddit hypodermicsally percebeu um comentário interessante no painel que nos leva direto a uma entrevista que Ryan Murphy deu no ano passado, a respeito de como o tema de Roanoke foi mantido em segredo. As peças parecem ter se juntado e tudo parece mais claro agora. Confira o comentário que Tim Minear, produtor e escritor da série, fez no painel:

“No começo de cada temporada, para assegurar os impostos, você tem que dar uma sinopse do que está fazendo. Isso não estava certo para Ryan, mas nós tínhamos que dar algo, então inventamos em dois parágrafos uma história completamente maluca, e o engraçado que é esta história que faremos neste ano.”

Em entrevista para a Entertainment Weekly no ano passado, Ryan Murphy falou sobre a dificuldade em manter segredo sobre o tema da sexta temporada. E falou sobre a criação de uma trama falsa para poder ajudar despistar olhares curiosos:

“Falsas descrições de tramas foram escritas junto do nome American Horror Story: Cul-de-Sac (ainda quando o episódio 9 estava sendo filmado, os roteiros ainda carregavam este nome).”

Cul-de-sac é um termo de origem francesa que significa “rua sem saída”, também variando para “comunidade” em escala pequena, dependendo da intenção de uso quando o termo for utilizado. Em entrevista ao podcast I Think You’re Interesting, em março deste ano, o showrunner falou sobre a possibilidade da existência de uma série seguindo os efeitos das eleições numa família que vive num “estado vermelho”:

“Acho que o que a eleição me ensinou foi que não estamos escutando uns aos outros, e que existe um grande grupo de pessoas que se sentem esquecidas. (…) O único momento em que algo realmente funciona, é quando se tem uma voz criativa bem forte. Eu acho que poderia existir uma série que seria um sucesso, a respeito do mundo dos estados vermelhos e uma família que está passando por dificuldades, se sentem esquecidos e votaram contra Hillary Clinton por razões econômicas. Se esta série tivesse um shorunner autêntico por trás com uma história bem pessoal pra contar, eu acho que funcionaria.”

Será que Ryan estava falando dele mesmo? Se conhecemos ele bem, parece com algo que ele faria. Poderia a sétima temporada, então, seguir uma pequena família ou comunidade de princípios democratas que vive num estado vermelho (majoritariamente republicano) e os efeitos das eleições na mesma? Talvez em breve descobriremos algo.

A sétima temporada de American Horror Story irá ao ar no canal FX em Setembro.