Chapter 6 – Os melhores momentos comentados

tumblr_ofcj12ztbh1uo78bqo1_1280

O sexto episódio chegou! Quanta ansiedade pra esse episódio e ele chegou assim, bem de mansinho, não é? Ok, nós não podemos negar que o que foi prometido foi cumprido. Realmente tivemos uma reviravolta. Na verdade, cinco episódios foram o suficiente pra que nos acostumássemos com o roteiro cheio de sustos, depoimentos bem adaptados na série mostrada, trazendo pro público aquela dose necessária de realidade, mas na minha opinião, nem precisava de uma reviravolta dessas, achava ótimo do jeito que estava.

Por outro lado, quanto ao roteiro dentro do roteiro (não fiquem confusos), é compreensível que agora que My Roanoke Nightmare é uma sensação pelo mundo todo, venha com alguns efeitos aqui, mais sensacionalismo ali. Faz sentido sim. Acho que essa que vos escreve se desapontou um pouco devido o excesso de expectativas. Acredito que compartilho dessa sensação com muitos outros, mas esperemos pra ver o que ainda pode acontecer! É aquele ditado né, “Quem gostou bate palma, quem não gostou, paciência”.

  • FUCK YOU, SIDNEY;

tumblr_oez7qnfqfu1u6od01o2_400

Se você achava o personagem de Chayenne Jackson (Will Drake) em Hotel meio “Who?”, você tem motivos de sobra pra continuar não gostando de mais um personagem, entretanto, já não pode dizer que não é um personagem importante, muito pelo contrário, foi um divisor de águas e essencial nesse sexto episódio. Fomos apresentados à Sidney, o chato. Como todo bom chefe, ele é um pé no saco, e vimos o tanto que pensa em crescer e no sucesso a qualquer custo. Seguindo a ideia de que as pessoas querem realidade, teve a brilhante ideia de “Retorno à Roanoke” como sequência de My Roanoke Nightmare, onde levaria à casa (da qual agora é proprietário) tanto o elenco quanto os verdadeiros moradores, fazendo-os conviver três dias ali, filmando e relatando tudo que acontecia no local, bem no período da Lua Sangrenta.

Em resumo, todo mundo aceitou. Shelby porque queria salvar o casamento, Lee pela necessidade de limpar a sua honra. Todo mundo iria viver ali como se fosse um “Big Brother”, esquecendo que estavam sendo filmados, sem saber dos efeitos colocados pela casa, e boa parte deles desacreditada do que acontecia lá, até mesmo Sidney. E mesmo contrário à opinião da assistente Diana, que fugiu do set horrorizada e morreu depois do acidente que viu um operário sofrer, seguiu o plano de fazer com que a continuação acontecesse. Sabemos o que aconteceu, comentamos daqui a pouquinho.

  • AGNES MARY WINSTEAD;

tumblr_ofcpvfspau1vgktqzo3_540

Agnes é a atriz que interpretou Thomasin White. Sidney foi entrevistá-la pra saber qual a reação e aceitação do público quanto à sua personagem e o que ela mesma achava sobre o trabalho. E numa grande satisfação ela falava que foi desafiador e cansativo interpretar a líder dos colonos, mas que ao mesmo tempo sentiu uma conexão com ela e que este era o papel da sua vida. Disse também que não enxerga a Açougueira como uma vilã, mas que vê nela desejos e fraquezas como em qualquer outro ser humano. Desde esse ponto, qualquer expectador da série notou o que poderia ter acontecido com os atores que a interpretaram, e no decorrer das cenas Agnes mostrava certo interesse e admiração por quem interpretou, fazendo-se nitidamente notar que já era mais do que um papel pra ela.

Sidney perguntou de um incidente em Hollywood, onde Agnes foi vista na rua com as vestimentas e acessórios da personagem, num claro surto psicótico. Foi internada por 6 meses numa clínica de repouso com diagnóstico de Transtorno Esquizofrênico, e intimada a manter distância do elenco por ser um perigo à eles. Quando foi mostrado que ela roubou acessórios, se mudou pra perto do local onde se passou a história, teve seu surto psicótico e gritou como se fosse a Açougueira na saída da entrevista, nós pudemos perceber que ela, e talvez os outros atores, pudessem também ter tido sequelas ou recebido características de quem interpretaram. Claro que não foi dito que cada um ficou com uma sequela de quem interpretou, mas estava claro que foi isso aconteceu.

  • SHE’S COME TO TAKE MY SATURN;

tumblr_ofdw42j5hk1upgyyno6_400

Audrey Tindell Rory Monahan. Eu confesso que nunca imaginei Evan e Sarah fazendo papel de casal nessa série! E eu to falando muito sério, viu? Enfim, reações chocantes e taquicardia à parte, nos sets de gravações eles marcaram encontros e acabaram se casando, numa cerimônia bonita e cheia de declarações de amor. Shelby e Dominic saíram juntos, não se esqueçam disso, e Monae agora tem problemas de alcoolismo tanto quanto Lee tinha. Os dois foram os primeiros a chegar na casa para gravar a sequência da série e tentaram aproveitar o quarto, mas é claro que algo deveria acontecer pra impedir. Ouviram barulhos e viram Agnes atacando a casa, e ao tentar ver por onde ela andava acabaram abrindo as portas pro resto da produção.

tumblr_ofcpsujsb21ugv7b3o1_1280

Quando o susto acabou, Shelby até tentou parabenizar o casal por estarem juntos mas ficou um clima tão ruim depois disso que a convivência desses três dias seria bem chata, isso já dava pra perceber. Receberam novos aparelhos com a intenção de filmar tudo por lá, inclusive as possíveis assombrações, mas as primeiras gravações foram as brigas de família que o elenco teve que presenciar e comentar sarcasticamente depois. Não bastando isso Lee e Monae desabafaram entre si, Dominic e Matt se desentenderam e logo após isso Matt teve que explicar o por quê de não ter acontecido nada na época das filmagens mas que possivelmente aconteceria agora. Debocharam dele, é claro.

tumblr_ofdeb5f0gr1sgo9goo3_r1_500

 

Quando Audrey subiu pro banho Rory disse que iria logo em seguida. Na verdade, deveria ter ido na mesma hora, isso custou a sua vida. Limpando o espelho ela viu o Pig Man e correu assustada pra onde estavam os demais. Rory foi ver quem era esse que “pregou uma peça” neles e no meio da raiva que sentiu achando que era culpa de Sidney, foi atacado pelos fantasmas das enfermeiras que, na época da Lua Sangrenta, estão liberadas para matar. Mott morreu, mas o espírito ainda continua por lá. Rory completou a letra que faltava da palavra na parede, possivelmente seu espírito também continue por lá, essa é uma característica da série, sabemos disso. Por enquanto só sabemos que a segunda parte nunca foi ao ar e que apenas um dos residentes na casa sobreviveu, e ainda não sabemos quem foi.

Confesso que não achei necessária essa implicância e deboche entre atores do seriado e os verdadeiros moradores da casa, acredito que as cenas poderiam se tornar mais fortes no caso de laços afetivos. Também nunca pensei que alguma personagem de Sarah Paulson (e eu falo sobre as características da personagem, visto que a atuação dela é sempre maravilhosa) seria uma personagem chata, além do mais duas que ela interpreta. Até aqui Roanoke me impressionou bastante, tanto pelas nítidas mudanças das características da série, quanto à própria temporada. Nem todas as minhas impressões foram satisfatórias, falo aqui como fã e mostrando a minha opinião, mas essa temporada sem dúvidas está sendo boa e fazendo nos acostumar com repentinas e bruscas mudanças. Ainda acredito que precisamos estar abertos ao que é novo, e que isso é sempre bem vindo.

O próximo episódio de American horror story: Roanoke vai ao ar no dia 27/10 pelo FX Brasil e você pode ver a promo clicando aqui.

  • Evan Psicótico

    Estou adorando essa temporada,está tão fora do “comum”,mais do que uma reviravolta a série nos proporciona grandes nuances das cenas,o terror e horror se relacionam tão coerentemente que nos instiga cada vez mais.Acho essa temporada tão pitoresca em relação as outras não digo isso pelo fato da série ter começado como um falso documentário e se “transformou” num reality,m as pela forma como faz uma crítica às questões relação aos programas e a própria Hollywood,a mudança se fez necessária e está maravilhosa.Ryan não criou a expectativa à toa ele só gerou a causa daquilo que já era suposto.

  • Karine

    Por que aparentemente ninguém se lembra que Evan e Sarah formaram um casal em Freak Show???

  • Bruno

    Eu, particularmente, não gostei de nenhum dos atores. Audrey, Rory, Dominic e Monae. Todos chatos. Só a Agnes que salvou (mas também, é Kathy Bates né), talvez pelo fato de ter continuado na personagem da Açougueira. Não entendi por que não chamaram a personagem da Lady Gaga pro reality.

  • AmandaMacedo Abreu

    Sarah e Evan foram um casal em FS. Alguém sabe dizer de quem é a letra D de MURDER?
    Tipo M é Margaret, U é Una, R é Roger, E é Eugine e o outro R é de Rory… Mas e o D?

  • AmandaMacedo Abreu

    E faltou a Lady como personagem no novo Roanoke… :'(