Chapter Five – Os melhores momentos comentados

Quantas informações pra um episódio só! Acredito que a grande maioria pode matar a saudade da Frances Conroy e a ansiedade de ver o Evan Peters. Descobrimos a origem da casa, os pactos firmados, a importância lunar, o objetivo dos rituais. Comentemos! Mas antes disso, caso você ainda não tenha lido nossa review, clique aqui.

  • LIES, LIES, LIES, LIES;

tumblr_of1j558g7n1rr9hnvo6_r1_250

Vou começar por ele sim porque estava morrendo de saudades! Pra quem esperava ver nudes, ainda não foi dessa vez mas foi quase dessa vez, não é? Descobrimos quem é Edward Phillipe Mott, o primeiro proprietário da Mansão Shaker, o seu sobrenome já era conhecido. Antes a chamávamos de Farmhouse, agora já temos as informações de quando foi construída e quais as razões de sua construção. Edward era um homem rico, absolutamente antissocial, fascinado por arte e que deixou sua família na Filadélfia pra viver com seu amante numa casa na Carolina do Norte onde só haviam os dois e as artes que ele colecionava. Durante a construção da casa, houveram inúmeros acidentes e acontecimentos inexplicados, dentre eles a própria estadia dele.

Edward passou apenas dois dias na casa, na sua segunda noite acordou com barulhos e ao descer as escadas, sua principal peça de arte havia caído e todos os seus quadros estavam danificados. Qualquer fanático pelas artes ficaria louco com isso, principalmente quando envolve as únicas coisas pra que se dá o apego. E como a primeira impressão é sempre a que fica, pudemos ver um homem mau, cheio de raiva e cruel, tal como centenas de homens do seu tempo, ao punir seus servos por supor que algum deles era o culpado por aquilo, e se negando a acreditar quando a verdadeira culpada foi revelada por uma serva. Trancou todos os serviçais na adega, e lá foram esquecidos porque na mesma noite Edward foi morto pela Açougueira, que reivindicava as terras e o expulsava dali. Ele foi morto com uma grande estaca que atravessou das costas ao peito, o amante foi culpado pela morte e a casa foi herdada pela família por mais de um século, até o último Mott, você-sabe-quem, morrer em 1952.

De todos os proprietários da casa que já temos conhecimento, e isso inclui a família oriental também, percebemos que o ponto em comum entre eles é sempre ter o lugar como um refúgio e recomeço, seja pra abandonar a família, recomeçar num novo país, superar uma grande perda, cometer suas barbaridades às escondidas, escrever um livro. Se isolar e/ou buscar recomeçar dali. Não podemos afirmar que todos tem um sentimento de apego pelo local, mas abandonar o lugar depois dos acontecimentos nunca foi a primeira opção de nenhum, pelo contrário, em algumas situações é possível ver a curiosidade de saber a sua estória e cessar o que acontece ali.

  • SMELL LIKE A GRAVE;

tumblr_of2a148zso1sl3s18o2_540

Voltando pro núcleo atual da novela…….. Blood Moon! Gente, a lua causa um efeitinho na cabeça dos espíritos que assombram o local. Matt ligou pra emergência porque os colonos estavam do lado de fora da casa dele só esperando que eles saíssem de lá. Como eles não honraram o pacto de sair das terras, estavam sujeitos ao sacrifício. Toda noite de lua cheia, vermelha, determinada época do ano, eles estão autorizados a matar, lembra? É nessa época que o pacto com os deuses é renovado. Quando eles estavam prontos e planejados a fugir,  um espírito pegou a Flora pela casa, a machucou, enquanto outros, enfeitiçados, tentavam os matar.

tumblr_of0n92b0rl1rs35hto1_400

Shelby dizia que sentia a casa ganhar vida ao redor dela, e foi realmente isso que aconteceu. Na tentativa de se esconderem no porão, Mott apareceu e os guiou por túneis no subsolo da casa, os mesmos que ele havia construído pra escape em caso de necessidade. Foram parar na floresta, golpeados e levados pra casa dos Polk, onde encontraram Elias agonizando e desesperado. Ele dizia sem parar que a Mama havia arrancado a sua perna e os caipiras alegavam que havia sido curado com magia. Elias acabou pedindo pra que Matt o matasse e fugisse de lá. Acabou morrendo com o golpe na cabeça porque não tinha mais serventia alguma. A Mama acabou explicando que há mais de 200 anos sua família tem um pacto com a açougueira, dizendo que enquanto aquela terra for consagrada eles terão paz. Só disse isso pela certeza de que eles não iriam sair vivos de lá.

tumblr_of38rpquse1vfzl73o1_500

Foram conduzidos até a caminhonete pra de lá irem à casa ser sacrificados. No meio do caminho Matt golpeou e acertou um dos caipiras e tentou fugir com as duas, como não deu certo voltaram aos Polk e por vingança Shelby teve sua perna golpeada. Quando chegaram na casa encontraram os colonos por lá só esperando o momento de serem sacrificados, porém, o filho da Açougueira mais uma vez a traiu e foram parar juntos na fogueira enquanto Lee colocou todo mundo dentro do carro e fugiu. Shelby contou que até hoje tem pesadelos com isso, a impressão que tive é que apesar do ocorrido, tudo havia ficado bem

PORÉM, nós já estamos informados que o 6° episódio traz uma reviravolta e agora a gente precisa esperar! O próximo episódio vai ao ar na quinta feira, dia 20 de outubro pelo FX Brasil e você pode ver a promo clicando aqui. Fiquem em paz com a imagem a seguir!

tumblr_of1j558g7n1rr9hnvo4_r1_250

  • Thaís Merenda

    Essa flora do aHS está parecendo a uni do Caverna do Dragão

  • Bruno

    Frances maravilhosa! Quero mais dela! Quero mais da Açougueira! Quero mais de AHS!