Chapter Four – Os melhores momentos comentados

É impossível não dizer que a sexta temporada de American Horror Story está boa, particularmente acho que está sendo uma das temporadas mais empolgantes que pudemos assistir. O episódio desta semana não fugiu do que já era esperado, talvez até superando algumas expectativas isoladas, mas não vou me prolongar muito, acompanhe agora os melhores momentos comentados de Chapter Four, quarto episódio de American Horror Story: Roanoke.

  • GUTS;

Vou unir neste tópico os dois momentos que mais me impressionaram neste episódio, os dois momentos mais insanos e até perturbadores.

A cena do desmembramento de Miranda foi bastante bizarra e toda sua composição, com a personagem de Kathy Bates, The Butcher, ordenando para que puxassem cada vez mais os dois braços da jovem, os gritos de dor seguidos dos dois membros sendo brutalmente arrancados, fizeram com que essa cena fosse absurda e claro, ótima.

cats

O melhor momento de todo o episódio foi a morte de Cricket, e foi uma morte digna do horror que o nome da série carrega consigo. Não é pelo fato de eu gostar de American Horror Story, mas esta foi uma das melhores e mais sangrentas mortes de todas as temporadas.

Mais uma vez tivemos a Butcher e seu cutelo entrando em ação e sobrou para o pobre Cricket que havia desaparecido no meio da floresta após o Uber em que estava embarcado quase atropelar Flora no meio da estrada.

O cutelo de Kathy Bates não teve piedade e abriu a barriga de Cricket expondo seus intestinos e depois os arrancou sem pudor nenhum com um gancho. Uma cena tensa, bizarra e que confesso que cheguei a virar o rosto por alguns segundos. Foi absurdo, no melhor sentido da palavra.

recap

  • WHO IS SHE?

Neste episódio tivemos um pouco mais de intimidade com o personagem de Lady Gaga, ainda não sabemos se ela é uma fada ou uma bruxa da floresta e vou tentar despistar qualquer teoria sobre o que ela é verdadeiramente até termos certeza, mas o que sei é que é um personagem intrigante, cheio de mistérios e bastante sedutor, não é mesmo Matt?

Estou gostando de ver a Gaga neste papel e não sei o motivo, mas acho que está combinando bastante com a cantora/atriz. Vamos torcer para que a história dela seja muito bem desenvolvida no decorrer da série, mesmo que ela esteja aparecendo pouco, porém isso não significa que não tem como aproveitar todo o potencial do personagem.

ahsrecap2

  •  THE MAN OF THE VIDEO;

Mais uma vez o homem com cabeça de porco apareceu e desta vez a sua participação foi bem maior. A aberração perseguiu Matt e Shelby pela casa até ser abatida pelo personagem de Denis O’Hare, Elias, ao desferir um golpe de machado e depois o fez desaparecer gritando ‘’croatoan’’.

Elias, que já apareceu nos episódios anteriores enquanto Shelby e Matt assistiam algumas fitas VHS, acaba sendo abatido no meio da floresta por flechas. Não sei se ele vai voltar a aparecer, mas sua rápida passagem revelou algumas coisas importantes sobre os assassinatos passados, como a morte de uma família taiwanesa e a já citada morte de Miranda.

recap4

  • WRATH OF THE BUTCHER

Eu sempre irei bater na tecla de que estou amando a personagem que Kathy Bates está interpretando, é cruel, é sádico e é perturbador em alguns momentos. Em Chapter Four, a Açougueira – na tradução literal – envenenou toda uma mesa de um banquete e como se não bastasse, degolou todos os que estavam presentes, incluindo seu filho, interpretado por Wes Bentley. Após o banho de sangue, ela entrega sua alma para o personagem de Lady Gaga.

Também voltamos ao assassinato de Miranda e Cricket, duas mortes brutais e no mínimo absurdas, mas que renderam cenas que fazem o espírito de American Horror Story se manter vivo.  Vale ressaltar a morte de Mason, do homem que foi cruelmente assado vivo com uma cabeça de porco em seu corpo e o homem que a jogou na floresta após sua condenação.

Eu aposto muito neste personagem, acredito que é um dos que mais possui potencial nesta temporada e claro, torço para termos muito mais cenas insanas comandadas pela Açougueira.

ahsrecap1

American Horror Story: Roanoke fica melhor a cada episódio que passa e se continuarmos assim, teremos uma das melhores temporadas da história da série. Claro que estaremos na torcida para que isso ocorra!

O próximo episódio vai ao ar no próximo dia 12 de outubro, no canal americano FX.

 

  • Davi Godoy

    Uma dúvida que não me deixa dormir. Se a Açougueira precisa fazer o ritual durante a Lua de Sangue todos os anos, por que queriam que a Shelby e o Matt saíssem da casa? Não era melhor mantê-los na casa até o dia do sacrifício? Se ela precisa consagrar a terra para renovar o pacto todos os anos, não faz sentido querer afugentar os moradores na região. Ela precisa deles para a consagração.

  • Bruno

    Kathy Bates é maravilhosa! Acho um desperdício quando matam precocemente personagens que prometem ser interessantes. Fizeram isso agora com o Elias e também com a Ethel (Kathy) em Freak Show. Espero que ele ainda volte na série.

  • Matheus Rivero

    “É impossível não dizer que a sexta temporada de American Horror Story não está boa,” tira esse primeiro “não” auhsahsa Vc escreveu q é é impossível dizer que está boa, logo você diz que ela “não está boa”.