Esta teoria sobre a sexta temporada de American Horror Story faz todo o sentido

Quanto mais tempo passamos sem nenhum detalhe da próxima temporada de American Horror Story, mais desesperados ficamos por qualquer coisa que possa ser uma dica. Com apenas uma simples imagem e alguns detalhes sobre o tema até agora, nós realmente tivemos que pensar criticamente sobre onde o show poderia ir em seguida. Nós pensamos em teorias, claro. Nós pensamos bastante na menção da Thatcher School na season finale de Hotel. Nós imaginamos algumas idéias gerais que são as mais comuns no gênero horror. Nós pensamos em algumas teorias envolvendo crianças, diante do comentário de Ryan Murphy que elas seriam incluídas. De repente nos veio a cabeça: quando se trata de AHS, nada é coincidência; o diabo está nos detalhes.

Ok, acompanhe a nossa linha de pensamento. Ryan Murphy nos disse que a nova temporada envolveria “elementos de crianças.” A serie está em sua sexta temporada, e no sexto mês do ano, nós vimos um novo logo, com um seis. Sendo assim, 666, certo? Há uma grande possibilidade de que a próxima temporada de AHS poderia girar em torno do próprio diabo. E, para a nossa sorte, um anticristo já foi introduzido na serie. Quando você leva em conta que Ryan Murphy está constantemente criando conexões entre as temporadas, tudo começa a fazer sentido.

903496faf1efb79e_TCDAMHO_EC011_H

Como você pode se lembrar, a primeira temporada da série se desenvolve ao redor da chegada do chamado anticristo. Para refrescar a sua memória, a história se resume assim: Tate Langdon (Evan Peters) se veste de Rubber Man e estupra a matriarca da família Harmon, Vivien (Connie Britton). No decorrer da temporada, nos são dadas pequenas pistas de que essa é a criança do diabo. A enfermeira responsável pelo ultra-som revela que viu cascos dentro do útero de Vivien. Depois, uma médium chamada Billie Dean Howard (Sarah Paulson) — que reaparece em Hotel — explica exatamente como o anticristo entrará no mundo: uma criança criada com a união entre um humano e um espirito. Começando ali o fim dos tempos.

Na finale, nós avançamos para o futuro. Constance Langdon (Jessica Lange) pegou a criança dos Harmon, agora chamada de Michael Langdon (Asher Gian) para cuidar. Ela diz que ele é “um garoto espetacular destinado a grandeza, precisando de uma mãe espetacular, alguém que possa o guiar com firmeza e amor.” Na cena final, Constance descobre que Michael havia assassinado a sua babá a sangue frio.

b358adb4a1011560_TCDAMHO_EC031_H

O seu sorriso sarcástico é tudo o que precisamos para adivinhar que esse é o profetizado anticristo. Para registrar, nem o nome Michael é apenas um nome comum. O nome pertencia a um dos arcanjos de Deus; Michael era o irmão do anjo caído Lucifer. E, se você não sabia, tenho certeza que pode adivinhar: Lucifer se transforma em Satanás ao cair na terra.

Então, como sabemos que veremos Michael com certeza de novo na sexta temporada? Nós não sabemos, mas a dica do 666 e o fato de que todas as temporadas estão conectadas são boas provas de que isso acontecerá. O anticristo novo certamente se aplicaria ao comentário de Ryan sobre crianças. E merda, ele poderia até frequentar a Thatcher School, e aquele comentário aleatórios em Hotel não seria tão aleatório assim.

72d997c7558b6151_tumblr_mpxhl3pnbb1rr9hnvo5_250

E finalmente, nós te deixaremos com uma das mais obscuras frases de Ryan Murphy sobre o universo de American Horror Story: “Quanto mais fundo nós vamos na serie — tomara que dure décadas e décadas — você verá que há definitivamente um universo e todos os mundos se colidem, as vezes de um forma muito bizarra e interessante. Você verá mais e mais disso conforme avançamos.”

E se o filho de Will Drake (Cheyenne Jackson) de Hotel acabasse na mesma escola que o anticristo? Soa bem bizarro e interessante pra falar a verdade.

Isso tudo pode vir a acontecer pessoal, Vocês estão prontos para o fim do mundo?

FONTE