“Freak Show” Será uma Mistura de “Asylum” e “Coven”, Afirma Presidente da FX

American Horror Story: Freak Show será ultra obscura como a segunda edição da série antológica, Asylum? Ou será mais leve e afeminado como o terceiro round, em Coven? O presidente da FX, John Landgraf, foi perguntado sobre o tom da nova temporada, Freak Show, na conferência do Television Critics Association, em Beverly Hills, esta segunda, e ele disse que o script está entre as duas edições anteriores.

“Alguns anos, será claro, audacioso e “afeminado”, do tipo que foi Coven. Outros anos, irá para o lado escuro e ruminação, como Asylum foi. Eu acho que eu colocaria Freak Show no meio de ambos. É uma metade dos dois. Claro, não é tão reflexivo ou de modo Hitchock, como Asylum, tem mais humor e um pouco de “afeminado”, mas há muita coisa obscura.” Ele disse.

Landgraf conferiu que Ryan Murphy pode as vezes surpreendê-lo, quando ele torna a série um completo show. “Tenho trabalhado com Ryan por 10 anos até agora, e eu assumo ser muito bom em ler roteiros, eu geralmente não me atenho aquilo, até ser executado.” Ele conta. “Ele é um cara com um ponto específico e objetivado. Freak Show, retorna em outubro, com set na Florida dos anos 50. Sarah Paulson, Jessica Lange e Evan Peters são alguns dos que retornam.” Landgraf ainda adiciona “O design terá uma outra visão, de um jeito muito mais cinematográfico que as outras encarnações. Os personagens são muito distintos, bem originais e alguns são bem estranhos, mas eu acho também que são muito convincentes. Eu amei o que li até agora.”

American Horror Story: Freak Show estreia em 15 de outubro, no canal FX.

Tradução e adaptação: Marianna Marcinichen Garcia