NOVA MATÉRIA SOBRE O VILÃO PRINCIPAL DE FREAK SHOW

Em uma visita exclusiva no set de AHS: Freak Show, o co criador Ryan Murphy e o ator John Carroll Lynch falaram com BuzzFeed sobre a criação do seu palhaço.

Aviso: De acordo com Ryan Murphy ( o cérebro por trás do Rubber Man, Bloody Face e outras dúzias de criações aterrorizantes que dominaram as três primeiras temporadas da série American Horror Story) teremos na quarta temporada o palhaço mais assustador de todos os tempos.

Quando Twisty, o Palhaço (Interpretado por John Carroll Lynch) fazer sua estréia em Freak Show, vamos relembrar de um dos pesadelos em forma de palhaço, o Pennywise (interpretado por Tim Curry, da adaptação de A Coisa, de Stephen King), porém, logo esqueceremos o segundo. “Nós dissemos na sala de script, que se quiséssemos palhaços, nós iríamos criar o mais assustador de todos os tempos.” Murphy contou ao BuzzFeed News. “Era nosso objetivo quando nós estávamos escrevendo ele, mas eu estava preocupado sobre as pessoas ficarem com muito medo do nosso palhaço. É de parar o coração o que ele faz. Estou preocupado que as pessoas possam ter ataques cardíacos. A introdução do palhaço no primeiro episódio é… Até eu fiquei com medo. É brutal. Duas pessoas da produção me contaram que tiveram pesadelos sobre este palhaço desde que começamos as filmagens e eles nem têm medo de palhaços. Acho que ele é bastante extraordinário, porque quando você vê que ele é um palhaço e está usando uma máscara… apenas espere.” “Twisty foi feito infinitamente mais intimidante que Lynch e sua altura. Lynch tem quase 1.90 de altura, e isso dá um impacto só de olhar. Imagina com a maquiagem e a fantasia.” “As pessoas estão com certeza com muito medo de mim” Diz Lynch, dando uma risada sobre como o elenco e a produção reagiu no set. “Eu estava apenas parado no camarim, sem filmar e eles piraram.”

Lynch, que não gosta de assistir filmes de terror (“Eu saí do cinema no “ O Exorcista”. Ele admite), disse que primeiro seu personagem foi desenhado e depois Murphy explicou em detalhes, a razão de o palhaço ser tão deturpado.

“Suas ações são horríveis, mas seus motivos são estranhamente puros. E é o que é o que há de mais humano nele, e o que mais incômodo também.” Lynch conta. “ Como ator, eu desisti do julgamento sobre o mal, enquanto for maldade humana. Temos que nos ver como realmente somos, e somos capazes de fazer coisas horripilantes. Eu não pretendo defender os personagens malvados, mas eu espero que eles reflitam a humanidade e seus vícios, porque precisamos realmente olhar para nós e ver isto. De outra forma, estamos nos iludindo, pensando que não somos capazes destas coisas ruins. Sei que sou capaz de fazer qualquer coisa que fiz, assim como qualquer personagem que interpretei. Sou grato por não estar planejando este personagem atual, mas também sou capaz de fazer o que ele faz.” Ele também comenta; “Você pode ter motivos maravilhosos para o que você faz, mas se o que você faz, causa danos à outras pessoas, você está se fazendo de bobo. Espero que as pessoas meio que “saiam de si” com este personagem. Se aterroriza as pessoas, estou bem com isto, pois este show é chamado Horror Story, afinal das contas. Mas espero que eles vejam o reflexo em suas vidas. Mesmo que isto signifique olhar para o que estão fazendo e não no que pensam que estão fazendo.”

Tradução e adaptação: Marianna Marcinichen Garcia

American Horror Story: Freak Show estreia dia 8 de Outubro, no canal FX.