O elenco de ‘Hotel’ fala sobre cenas de sexo, Lady Gaga e temporadas futuras

De assassinatos para vampiros e fantasmas, o elenco de American Horror Story: Hotel já se deparou com vários temas assustadores. Mas uma cena de sexo com Lady Gaga? Este é um medo completamente novo.

“Estar numa situação erótica com a Condessa, tendo que assinar um documento sobre nudez a respeito do que iria acontecer, aquilo foi assustador,” riu Angela Bassett, cuja personagem, Ramona, teve um relacionamento amoroso com a Condessa de Lady Gaga.

O elenco da antologia de horror do canal FX falou com os entrevistadores da Variety, falando sobre seus medos reais e sobre como é gravar essa temporada particularmente obscura — e sexy — de American Horror Story. E eles todos tem maneiras diferentes de lidar com tudo isso.

013

Angela disse que a Gaga contou a ela para ficar tranquila para a cena picante das duas, e elas hoje até fazem piadas a respeito disso. De fato, Angela contou que Gaga comprou um bolo para ela no seu aniversário, e no topo do bolo tinha uma foto das duas transando.

Denis O’Hare, que interpreta Liz Taylor, também teve de entrar num terreno desconhecido e sexual nesta temporada.

“Eu tive uma cena de sexo neste ano, minha primeira de todas, com a qual eu estava aterrorizado, pois sou um ator que costuma fazer papeis caricatos” disse. “Eu não fui questionado a mostrar minha bunda, e isso foi inconfortável para mim. Tive de ter certeza a toda hora que meu parceiro sexual (Finn Wittrock) estava cobrindo minhas partes.”

Todo mundo ao menos concordou que não precisavam ficar nervosos ao trabalhar com Lady Gaga, pois ela foi citada como uma pessoa humilde e tranquila, até fez uma festa para o elenco em sua casa antes da temporada começar, numa piscina com a água colorida de vermelho-sangue. Ainda assim, eles tem noção da estrela que está contracenando com eles.

“É interessante pois você não tem noção da enorme figura cultura com a qual você está trabalhando. Eu nunca disse nada sobre Lady Gaga para eles,” disse Matt Bomer, que interpreta Donovan, a respeito de seus filhos. “Eles já viram fotos de papparazzi, e eles acham que é só uma atriz. E alguém da escola deles já os contou, então eles vem para casa e perguntam, ‘Como que é a Lady Gaga?’ E eles nem sabem quem ela é necessariamente, é só brincadeira de criança. E eu fico tipo, ‘Ah meu Deus, eu tô legal?'”

Nz0FDlsIf_s

Deixando a parte os medos sexuais, o atores concordam que AHS tocou em algo mais psicológico do que o horror comum. Cheyenne Jackson, por exemplo, que interpreta Will Drake, disse que o rapto de crianças é a parte mais assombrosa para ele.

“Eu acho que é o pior pesadelo de qualquer pai.” ele disse. “Isso para mim é mais assustador do qualquer corpo enfiado dentro de um colchão. Eu acho que Ryan Murpy tocou em medos profundos e reais com isso.”

“É o meu maior medo,” admitiu Wes Bentley, que interpreta o Detetive John Lowe, cujo filho foi raptado e transformado em vampiro. “Meu filho me pergunta o tempo inteiro se não tenho medo dessas coisas, pois nós sempre falamos sobre ter medo do escuro. E ele me perguntou, ‘Do que você tem medo, papai?’ E eu não posso dizer para ele o meu maior medo pois envolve ele e a irmã. ”

Entretanto, alguns deles tem medos mais atuais: “O que me tira o sono? Donald Trump,” riu Cheyenne.

Outros falaram sobre medos mais tradicionais. Irônicamente, Sarah Paulson, que interpreta Sally nessa temporada, um espírito que assombra o Hotel Cortez, não quer ter nada com espíritos.

“Não gosto deles,” admitiu. “Eu não gosto de pensar que eles estão por perto. Não estou interessada neles de jeito nenhum. Não quero ter nada com espíritos.”

Kathy Bates, que interpreta Iris, concordou que American Horror Story toca nos lados mais sombrios da natureza humana, e muita parte da audiência pode ver seus problemas refletidos na tela.

_I5nWGQe5ro

“Acredito que exista mal em todos nós, e um lado negro em todos nós” ela disse. Todo mundo tem algo sombrio, ou triste ou trágico que aconteceu e nós sempre sentimos vontade de guardar estas coisas para nós mesmos e não comentar com outras pessoas, porque você não quer ser depressivo ou algo assim. Mas sempre me impressiona que nós achamos que somos os únicos que tem estes problemas, quando de fato todos tem, e aí todos nos reunimos na frente da tela para ver estas mesmas pessoas compartilhando os mesmos problemas.”

Para O’Hare o medo foi uma coisa muito pessoal, enquanto ele interpreta a muito feminina Liz – algo que ele evitou fazer por um longo tempo. “Eu sou um homem gay de 58 anos da idade que se assumiu nos anos 80, quando isso não era moda. Eu era católico, então eu tive uma experiência muito, muito dolorosa sendo gay, “ ele explicou. “Este papel foi como colocar o dedo bem dentro naquela ferida e me obrigar a confrontar isso.”

A série foi renovada para a sexta temporada no início da semana, e todos concordaram que voltariam se fossem chamados por Ryan Murphy. Mas que tipos de personagens eles gostariam de interpretar?

“Eu acho que gostaria de interpretar uma vilã,” disse Chloë Sevigny. “Isso seria muito divertido.”

“Talvez uma pessoa com algum tipo de deficiência,” disse Evan Peters, que interpreta o vilanesco Mr. March em “Hotel”. “Seria interessante me desafiar a interpretar algo assim.”

“Eu acho que qualquer coisa que eu fale acabaria sendo muito tediosa em comparação com o que Ryan criaria,” riu Paulson.

Tradução: Aline Schmidt e Gabriel Fernandes

American Horror Story: Hotel vai ao ar toda quarta-feira, às 22h no canal FX USA e toda quinta, às 0h00 no canal FX Brasil.

  • dilds

    “Eu acho que gostaria de interpretar uma vilã,” disse Chloë Sevigny.

    isso se vc n vira a nova condessa até o final da temp né

    • eu acho ela tão zoe, é zzzzz e só faz merda, mas sabe como é, ”a mão que balança o berço é a mão que governa o mundo ”

      • dilds

        sim todo mundo odeia a Alex e acha que ela é burra e sem vontade, mas eu vejo uma mulher totalmente desequilibrada e q ta sendo bem manipuladora. A confiança da Condessa ela já tem. E a Chloe é rainha, vai arraza de vilã.

        • e com essa história do bebê ela já ganhou a condessa

'