Poderia “Hotel” se basear no macabro Hotel Cecil?

Construído em 1920, com a intenção de ser um hotel para viajantes, ou empresários que passariam apenas uma ou duas noites na cidade, o Cecil Hotel foi rapidamente ofuscado por vários hotéis glamourosos. A saída encontrada foi passar a alugar os quartos a longo prazo por preços absurdamente baixos, coisa que acabou chamando atenção de diversos desordeiros. A reputação do hotel rapidamente passou a ser de “indecente” e “mórbido” devido ao grande número de suicídios ocorridos no local, assim como ter sido a morada de famosos assassinos em série.

Durante os anos 50 e 60, o Hotel era conhecido como um lugar em que as pessoas iam para cometer suicídio, se jogando de uma de suas janelas. Helen Gurnee, 50 anos, pulou de uma janela do sétimo andar, caindo em cima do letreiro, em 22 de outubro de 1954. Julia Moore pulou da janela de seu quarto no oitavo andar, em 11 de fevereiro de 1962. Pauline Otton, 27 anos, pulou de uma janela do nono andar após uma discussão com seu ex-marido, em 12 de outubro de 1962. Pauline caiu sobre George Gianinni, 65 anos, que estava andando na calçada, a 90 metros abaixo de onde ela havia saltado. Ambos morreram instantaneamente.

Parte da sórdida história do lugar envolve dois assassinos em série, Richard Ramirez e Jack Unterweger.

cats

Acima: Richard e Jack, respectivamente

Ramirez, apelidado de “the Nightstalker”, viveu no Hotel Cecil em 1985. Ele pagava em torno de 14 dólares por noite. Ramirez matou 13 mulheres, algumas delas nos arredores do próprio Hotel. Ele jogava as suas roupas ensanguentadas na lixeira no final da noite e retornava ao Hotel pela porta dos fundos.

Unterweger foi um jornalista que cobria os crimes em Los Angeles para uma revista austríaca em 1991. Acredita-se que ele viveu no Hotel Cecil em homenagem ao Ramirez. Ele foi acusado de matar três prostitutas em L.A. enquanto ainda era um hóspede do Cecil.

Ocorreu também o assassinato de um dos moradores do Cecil. Osgood “Pigeon Goldie”, um operador de telemarketing aposentado, conhecido por proteger e alimentar os pombos em um parque nas proximidades, foi encontrado morto em seu quarto e teve seus objetos furtados em 4 de junho de 1964. Ele havia sido esfaqueado, estrangulado e estuprado. O crime até hoje se encontra sem solução, assim também como o recente caso de Elisa Lam, uma jovem canadense de 21 anos, outra hóspede no hotel que foi encontrada morta dentro de uma das caixas d’água do Hotel em 15 de Fevereiro de 2013, duas semanas após sua morte.

Fonte: Mistérios Sem Explicação

o-ELISA-LAM-facebook

 Acima: Elisa Lam

O canal do YouTube izzynobre postou uma matéria completa sobre o caso de Elisa, confira logo abaixo:

 

Elizabeth Short foi uma personagem da primeira temporada, Murder House. Elizabeth era uma atriz que morreu na Mansão Montgomery após receber uma grande quantidade de anestésicos pelo Dr. Curran, ela teve seu rosto e corpo desfigurados pelo fantasma de Charles Montgomery. Na vida real, Elizabeth Short realmente existiu, e o caso de sua morte ficou conhecido como Dália Negra, assim como retratado na série, mas não há explicações de como tudo ocorreu. Há um forte rumor de que a atriz se hospedou no Hotel Cecil semanas antes de sua morte.

AmHS11MenaSuvari

Poderiam Ryan Murphy e Brad Falchuck se basearem nestes macabros casos relacionados ao Hotel Cecil para American Horror Story: Hotel e também fazerem a primeira conexão de Murder House com outra temporada?

American Horror Story: Hotel tem data de estreia prevista para Outubro, no FX.

  • Rafael D’Afonseca

    Muito interessante. Mas, assim, não era meio que “lei” que uma temporada de AHS seria baseada nos dias atuais e a a outra, nos tempos antigos?
    Até agora seguia essa “lei”:
    – Murder House: ATUAL
    – Asylum: ANTIGA
    – Coven: ATUAL
    – Freak Show: ANTIGA

    • É aí onde entram os flashbacks. Murder House foi uma temporada contemporânea, mas também teve seus momentos de voltar ao passado pra mostrar histórias que aconteceram na casa.

      • ele tá falando do foco da temporada, até pode ter sido assim mas não significa que vai continuar, não é uma ”lei”

      • Rafael D’Afonseca

        Sim, Gustavo, verdade. Só se HOTEL for assim, no estilo MURDER HOUSE, cheia de flashbacks. Se for, vai ser bem interessante! =D

  • LeBlanc Nerfada

    ESPERO QUE SIM
    <3
    Já conhecia a historia do Hotel Cecil, antes mesmo disso, até suspeitava ser ele quando anunciaram Hotel como a nova temporada, Lisa lam Poderia ser interpretada pela Sarah, mas …