Room 33 – Os melhores momentos comentados

Depois de tudo que a gente viu na última quinta feira, tudo que precisávamos era de um tempinho pra processar a informação, né migas? Muita informação! Teve cenas que me deixou ó, C H O C A D A. Mais uma vez teve nudes, teve momentos polêmicos, muita gente fazendo amor sem olhar a quem, né non! Ai, adoro isso. Enfim, antes de começar a comentar, vou deixar o link da nossa review que tá maravilhosa; é só clicar aqui.

  • You don’t need to explain anything to me;

tumblr_nxpv6m83hn1rrl0mgo8_400

Quase me falta o ar quando eu vi essa cena, manas. Eu nem acreditei, já foi logo o primeiro tiro. Tudo começou quando a Condessa deu uma passadinha lá na nossa tão querida e amada Murder House. Vocês lembram da Murder House? Os Parmigas lembram sim, lembram sempre. Quando vi a Condessa chegando, tudo que eu pensei foi; Por favor, pelo amor do amor de tudo que é mais sagrado, tira uma foto com a Constance pra acalmar os corações dos haters!!! Mas obviamente isso não aconteceu, né manas. Era 1926, as pistas da época já estavam no look (bapho desde sempre) da Condessa, no carro, na promo. Ainda não tinha parmigas, psicopata em roupa de borracha ou pretty girl… Só tinha monstro. Mas a esperança é a última que morre. Ela apareceu lá pra se consultar com o Charles Montgomery, com o maior barrigão e querendo que a gente acreditasse que era só três semanas de gestação. Mas se bem que pra alguma Mother Monster isso é bem possível, não é? Não é, porque não é esse o caso. É quase isso mas não é isso. Vamos ver as cenas dos próximos capítulos, porque eu ainda quero saber desse barrigão de três semanas.

tumblr_nxou1fcz001s4jr0no1_400

Tivemos a notícia de que era um garoto, que já nasceu tombando a enfermeira, se chama Bartholomew e não divide o quarto com video game do pacman com os outros filhos da Condessa, ao contrário, tem um quarto exclusivo de número 33. Mais tarde vimos a Condessa dizendo ao bebê que ia fazer uma viagem à Paris e que quando voltasse a vida iria melhorar, que teria mais grana, que nunca iria abandoná-lo de novo. Porém, antes que essa informação fosse dada, nós vimos a execução do golpe bilionário que ela anda tramando. Ela estava na cama com Will Drake, e pelo desenrolar da situação, esse poderia ser o nome de um filme ou documentário sobre esse golpe que ela anda pensando em dar. Poderia, mas “Na cama com Will Drake” não seria um documentário muito original. De qualquer forma, ela ofereceu algumas coisinhas diferentes, chamou até o Tristan pra dar um apoio, e o Will está amando a ideia, mesmo que ele diga “My cock and my mind operate separately”. Só sei de uma coisa amigos; na cama de Condessa, até bicha pede pepeca!

  • Hi, daddy;

tumblr_nxpvv8IVHP1rnelq7o5_400

Vocês já perceberam que as histórias boas do John sempre acontecem depois que ele acorda? Dessa vez não foi diferente. Não teve Johnlly nesse episódio, mas foi babado também. Holden acordou do lado do pai e, mais uma vez, saiu correndo em disparada rumo à Não-sei-pra-onde e John achou a piscina vazia com a ex esposa dentro de uma “Câmara do sono”. Depois disso ele desmaiou, foi dopado pela Alex Vampirona, acreditou quando ela disse que o encontrou jogado pelo corredor e que estava tendo um desses surtos psicóticos. Uma boa prova de que médicos as vezes podem ser bem enganadores, hein! Mais tarde ele decidiu voltar pra casa, encontrou a filha e descobriu que a mãe não dava as caras há 2 dias e, quando decidiu deixar o hotel, levou um presentinho na mala. Saiu atirando pela casa, deixou a filha apavorada e contou pra polícia que era um monstro que tinha aparecido pra ele. Óbvio que ninguém ia acreditar numa história dessas.

tumblr_nxpv6m83hn1rrl0mgo6_400

A Alex Vampirona por sua vez anda bem mais interessante do que antes. Super falsiane, ela disse que achou o ex marido jogado pelo chão do corredor, que essas coisas que ele anda vendo é coisa da cabeça dele, que ele sonhou com o que a Scarlet tinha contado uma vez… deu uma enrolada na história e depois despachou a menina pra casa dos avós e encontrou o bebê Bartolomew pelo jardim. Mas o mais interessante de tudo que ela fez nesse episódio foi quando achou as Checas (Chatas Suecas) jogadas num banho de sangue em um dos quartos, super insatisfeitas por nunca poder ver Fast & Furious e ter que descobrir um propósito no hotel. Alguma coisa a Alex falou pras Checas, porque depois disso elas foram pra mais um sexo, e dessa vez com o John, que ficou todo molhado de sangue e saiu correndo peladão pelo hotel.

  •  I love the smell of rotting flesh;

2 - oMbjKX2

Ramona chegou tão determinada em se vingar da Condessa que eu achei que essa cena poderia se chamar Revenge, mas o que realmente importa é que o melhor que ela fez foi ir pro bar ouvir um bom papo de gente apaixonada. Chegou determinada, amigas, pronta pra matar as criancinhas que só querem saber de jogar o pacman. Não teve sucesso nenhum porque a Alex Vampirona já tinha passado por ali antes e destruído todos as câmaras do sono. Foi visitar o Bartholomew, brincou de pique esconde com ele e ainda saiu de lá com a cara toda desenhada. Não foi um bom dia pra Ramona, deu tudo errado.

tumblr_nxpv6m83hn1rrl0mgo7_400

Donovan Matt Magya não apoiou muito os planos da Ramona e foi pro quarto da Condessa cheirar as calcinhas dela, chorar de saudade. Foi lá que ele encontrou as Checas que (mais uma vez e sempre) estavam sendo chatas procurando a saída do hotel, e começou a contar uma estória horrorosa de uma tal de Cara que era professora do ensino fundamental e foi pro Hotel Cortez pra cometer suicídio. Foi aí que começou esse papo de “Poder do hotel”, “procurar um propósito”, enfim. Ele disse que essa tal de Cara ficou na banheira por meses em decomposição e que é por isso que não se deve beber nunca a água do 5° andar. Pelo menos a gente já sabe que não se deve visitar a piscina desativada, o 5° andar, o 7° andar, o quarto 33 e o 64 também.

  • Do you love me?;

tumblr_nxq7sblTww1ruyapbo1_250

Por fim, a cena mais bapho de todo esse episódio! Amigas, eu nunca imaginei, confesso. Fiquei em choque real quando vi. Manas, a Liz Finíssima e o Tristan se pegando com força!!! Até shippei por um momento né, mas no final foi super decepção. Super casal de amorzinho depois de um sexo bom, com dicas literárias e tudo (Apesar do Tristan só ler o que tem a Kim K. na capa) eles dois trocaram umas declarações tão fofas. Tudo bem que quem falou de amor primeiro foi o Tristan e a Liz disse que “não sabia” se amava mas achava que sim, dando a entender que na verdade só não queria perder a transa mais vezes, porém, depois a gente viu que era diferente, né. Condessa interrompeu o momento love, pedindo pro Tristan fazer algo de diferente com o Will e ele teve que ir, né. Liz deu uma desabafada pra Ramona que tava super vibes apaixonada, que o boy da vez era o Tristan, que apesar dele estar com a Condessa era ela que o amava; bem papo de bar, bem papo de gente apaixonada mesmo. Acabou que as coisas não acabaram muito bem porque a Liz decidiu contar tudo pra Condessa quando ela chegou de Paris, Tristan jogou logo a merda toda no ventilador sobre “se alimentar de corações partidos” e admitiu que era um modelo idiota, tudo bem dramático. E apesar do papo de “Tudo bem, ele é seu” ela disse que ele era um frouxo e que o “rapaz no vestido” tinha mais coragem que ele. Como a Condessa é dessas que trai mas não aceita ser traída, ela inventou umas conversas de que isso tem cheiro disso, aquilo tem cheiro de outra coisa, e entre muitos blá blá blá, que traição tem cheiro de carne queimada no carvão. Não fede muito, mas incomoda!

tumblr_nxrck2EXjq1uwxde2o9_250

O próximo episódio de American Horror Story: Hotel é intitulado “Flicker” e você pode ver a promo clicando aqui.