Ryan Murphy fecha contrato milionário de exclusividade com a Netflix

O reinado de Ryan Murphy não para de crescer! Ontem a noite a Netflix anunciou que fechou um contrato de exclusividade com Ryan Murphy, com valores girando em torno de 300 milhões de dólares, segundo o The New York Times. Sendo assim, o criador de American Horror Story passará a produzir conteúdo original para a gigante do serviço de streaming, tendo liberdade para criar séries, filmes e documentários. O contrato de Murphy com a 21st Century Fox termina nos próximos meses, e a partir de Julho ele passará a trabalhar exclusivamente com a Netflix por pelo menos cinco anos.

Anteriormente ao acordo, em Setembro, Ryan já havia assinado contrato com a Netflix para produzir inicialmente duas temporadas de uma série focada na enfermeira Ratched (que será interpretada pela Sarah Paulson), a vilanesca figura do filme “Um Estranho no Ninho”, de 1975, além de outro projeto que deve ser estrelado por Barbra Streisand e Gwyneth Paltrow.

Mas e como fica American Horror Story nessa história toda? Aparentemente, tudo continua como o planejado. Todas as futuras temporadas de American Horror Story (renovada até a nona temporada), American Crime Story e Feud continuarão no FX. O drama processual 9-1-1, que estreou a apenas seis semanas, continuará na Fox. E seu novo drama sobre a cena da moda de Nova York nos anos 1980, Pose, com um elenco em grande parte transgênero, também continuará no canal FX. Ryan deve trabalhar como produtor executivo destas séries até pelo menos ano que vem, não existindo a possibilidade (até o momento, pelo menos) de nenhuma delas se tornar uma produção original da Netflix.

A nova temporada de American Horror Story, ainda sem título, possui previsão de estreia para setembro deste ano no FX.