Spoilers de “Burn, Witch, Burn” e do resto da temporada

American Horror Story sempre impulsiona seus episódios a partir do  Halloween. Nesta temporada, não será diferente.

EW conversou com o co criador Ryan Murphy sobre as surpresas que vêm a seguir.

ENTERTAINMENT WEEKLY: O episódio passado realmente humanizou Marie Laveau. Foi importante colocar o passado dos negros para mostrar a razão de ela estar e ser tão brava?

RYAN MURPHY: Sim. Nós quisemos isto. Têm vários flashbacks contando o passado neste episódio. Foram desenvolvidos para mostrar às pessoas, que por trás da ambição de Fiona, ou da desconfiança e maldade de Marie, há razões para elas agirem como agem. Achei Angela particularmente ótima nestas cenas.

E: Angela Bassett está se deliciando?

R: Acredito que sim, o material é tão barroco e as pessoas que são atraídas para isto, geralmente são atrizes do drama e gostam de coisas extremamente emocionais. Kathy é conhecida por isto. Jessica é conhecida por isto. Angela é conhecida por isto. E mais do que isto, somos todos fãs delas. Então eu sinto que estamos escrevendo o que os fãs também querem ver.

E: Angela claramente não tem medo!

R: Ela não tem. Acredito que todo mundo meio que se livra disto, quando estão compromissados com algo grande. O que eu admiro.

E: Eu adorei o Conselho. Vimos Myrtle antes.

R: Sim, ela teve uma fala.

E: Este personagem foi sua ideia? Ela é tão selvagem!

R: Acredito que Franny é uma atriz brilhante para este personagem, em especial. Eu acho. Talvez de todas, ela é quem tem o personagem mais drasticamente diferente. Em cada temporada, tem feito uma voz diferente, um físico diferente. E eu também amo quando Franny e Jessica têm cenas juntas, porque elas amam o que fazem e eu também, porque na trama, elas se odeiam, são rivais, assim como na primeira temporada.

E: Eu adorei a mudança da Myrtle da nova para a madura.

R: Sim, ela se reinventou completamente. Tudo sobre ela é falso. Tudo. Acredito que apenas uma coisa seja verdadeiro nela: Seu coração. O próximo episódio será sobre ela.

E: Também amei Leslie Jordan sendo um dos membros do Conselho, assim como Fiona é claramente fã dos gays.

R: Ah, Fiona adora os gays. E sempre amei Leslie. Escrevi isto para ele e ofereci. Ele está fazendo de 3 a 4 episódios e está ótimo. Ele é nosso Truman Capote. Ele é bem benevolente em relação à Fiona.

E: Então, temos bruxos homens em Coven?

R: Sim, eles são descendentes de Salem e têm várias coisas pra frente da série, que iremos explorar, sobre os bruxos que não são de Salem, mas outros tipos. Não necessariamente feiticeiros.

E: Então o conselho irá reaparecer durante a temporada?

R: Sim, muito. Irão aparecer para proteger o Coven ou para perseguir quem estará tentando machucar alguém do Coven. Então, quando Fiona fica fora do Coven por interesses pessoais, eles aparecem muito.

E: Spalding gosta mesmo de bonecas? Foi um fato interessante.

R: Eu estava escrevendo isto, quando pesquisava sobre uma senhora famosa, que era a maior colecionadora de bonecas do mundo. Então, eu acho que estava nesta de bonecas. Acho pessoas que colecionam bonecas, fascinantes. Ele é o tipo de cara que servia o Coven. Não são bruxos, não são do Coven. A sua existência é para proteger o Coven. Estabelecemos que ele tem uma vida extremamente solitária e quis que ele tivesse bonecas. Quis também que ele se vestisse como uma vovó. Meio que convenci Denis a fazer isto. Eu falei que ele iria ficar sem língua, colecionará bonecas e terá camisolas de vovó. Ele disse que aceitava porque achou que era a coisa mais bizarra do mundo. [Risos]

E: Então, Madison irá voltar, bebendo chá?

R: Sim. Ela está morta e o acompanhando com chá. [Risos]. Semana passada, quando Madison foi assassinada, eu notei no meu Twitter, o quanto de gente está explorando a ideia de que ela não morreu, ou como irá voltar. Ela está morta, mas não irá embora. Spalding fará várias coisas com ela nos próximos episódios. Será inesquecível.

E: Poderia nos contar com antecedência?

R: Não, mas é bastante chocante, é algo inimaginável em uma série de TV. Extremamente bizarro e macabro. Achamos que terá uma censura.

E: Adorei que a sobrinha de Julia Roberts apareceu de calcinha e sutien, bebendo chá como uma boneca humana.

R: [Risos] Eu também! E a Emma adora! Ela simplesmente enfrenta. Eu a adoro. Acho que Emma tem um talento feraz, além de seu material ser especialmente forte. Ela está à bordo por vários episódios. Madison morta, mas está.

E: Então, qual é a de Hank? O que podemos saber sobre ele?

R: Acredito que todo mundo que esteja prestando atenção em Cordelia, meio que percebeu que seu marido não é um bom sujeito. E no episódio passado, temos ainda mais revelações. Algo muito obscuro e torto vai se revelar sobre ele no próximo episódio. Obviamente, ele não é nada do que aparenta..

E: Ele é um assassino?

R: Dá pra dizer que sim. Entraremos nos detalhes sobre isto. Da razão de fazer estas coisas. No sétimo episódio, tudo é esclarecido.

E: Anteriormente, você relevou que Sarah teria a cena mais complicada de sua vida. Será a do ácido? Depois desta, no caso? Podemos saber quem foi?

R: Não posso revelar. Mas, tudo é revelado. A questão é quem está de fora para pegar todas as bruxas? Tem tudo a ver com Hank.

E: Cordelia fica cega?

R: No episódio 5, saberemos de todo o dano causado pelo ácidoTem uma ironia nisto, desde que Fiona falou que Cordelia não enxergava Hank como ele realmente era, por suas mentiras e tudo o mais. Foi bem interessante a escolha das palavras de Fiona.

E: Então o que acontece com Kyle? 

R: Ele está claramente atormentado. As garotas literalmente criaram um monstro. Ele foi feito com partes dos caras ruins, estupradores. É o que amo no Evan. Ele está incrivelmente monstruoso, você sente medo dele, mas quebra seu coração com qualquer reação mínima, como quando sua mãe o bolinava e ele fez menção de chorar. Foi doloroso assistir. Acho que Kyle terá de enfrentar muita coisa durante a temporada inteira.

E: O episódio acaba com Miss Robichaux sendo atacada por zumbis. O que podemos esperar para quarta?

R: Bem, esta semana será interessante, muito por Marie Laveau querer todos mortos, então ela “ativa” seus zumbis. Há uma morte neste episódio. Uma das bruxas morrerá. Fiona está no hospital com sua filha cega com o ácido. Sem ela, as garotas não são tão fortes e não conseguem proteção suficiente. Também teremos uma noção de quem realmente é a próxima Suprema. Quem será que Fiona deverá ter medo?

O quinto episódio de American Horror Story: Coven estreia quarta-feira dia 06 na FX americana e terça dia 12 na FOX Brasil.

Tradução e adaptação: Marianna Marcinichen Garcia

'