Billie Lourd promete que a season finale de ‘Apocalypse’ irá trazer todas as respostas

Estamos quase no final de American Horror Story: Apocalypse e ainda existem tantas perguntas a serem respondidas, mas uma das mais pedidas é a razão de Mallory ser tão importante. Durante a temporada, aprendemos que a assistente de Coco não somente é uma bruxa, como é uma com uma habilidade extremamente poderosa, a de viajar através do tempo e também revertê-lo. Com tão pouco sabido a respeito da nova Suprema, a identidade de Mallory continua a ser dissecada pelos fãs que esperam que a season finale revele mais sobre a personagem enigmática, onde muitos acreditam que a mesma não é uma bruxa, mas algo mais poderoso.

Então o que iremos aprender sobre ela na season finale? E como ela irá agir no confronto com Michael (Cody Fern)? TV Guide conversou com Billie Lourd sobre tudo isso e mais para descobrir o que esperar da conclusão de Apocalypse.

TV GUIDE: No penúltimo episódio, Mallory viu todas as suas amigas morrerem e lhe foi dito que se ela não reverter o tempo, todo o mundo irá acabar. Como ela está lidando com este tipo de pressão?

BILLIE LOURD: É intenso. Mallory é super empática e conectada com as pessoas ao redor dela, então sido uma temporada bem emotiva para ela e para mim. Todo dia, por exemplo, chorando e salvando o mundo. Mas tem sido incrível. É uma temporada tão recompensante de fazer parte pois eu estou literalmente salvando o mundo. Mallory está salvando o mundo. Billie Lourd só está de boa.

TG: Mallory aparenta ser a nova Suprema, o que significa que Cordelia terá de morrer para os poderes de Mallory atingirem o seu ápice. Como iremos ver esta dinâmica ser abordada no final?

BL: Cordelia é a heroína de Mallory e sua melhor amiga, tudo o que ela quer ser. Então será bem diferente para Mallory e Cordelia ter de lidar com o fato de que Cordelia provavelmente tem que morrer para Mallory se tornar a Suprema verdadeira.

TG: Nós vimos durante a temporada que Michael não é inteiramente mal. Você acha que Mallory e as bruxas terão alguma empatia com ele  ou algum desejo de tentar redimi-lo, ou é somente matar ou morrer neste ponto?

BL: É matar ou morrer. Ele não fez nada para nós e não faremos nada por ele. Michael definitivamente é o inimigo, infelizmente, já que ele está tentando destruir o mundo e nós estamos tentando o salvar.

TG: Toda esta temporada tem preparado o terreno para estre confronto entre as bruxas e Michael. Tem algo que você pode adiantar sobre o que os fãs podem esperar disso?

BL: Ryan [Murphy] postou uma foto de Michael numa banheira, e eu tendo a ficar em banheiras bastante, Mallory fica em banheiras bastante. Então esta vai ser a minha dica. Acontecerá um confronto de banheiras.

TG: Você sabe que Michael tem alguma ideia do quão poderosa a Mallory é?

BL: Não. Não acho que Michael sabe quem Mallory é. No máximo, talvez ela o tenha deixado atento que ela é poderosa lá no Posto Avançado, mas eu não acho que ele tenha alguma ideia da extensão dos poderes das bruxas, mesmo. Ele é o Anticristo, então ele acha que é o mais poderoso.

TG: A Mallory que conhecemos como a assistente de Coco é bem diferente da Mallory que vimos nos flashbacks. O quanto você sabia sobre Mallory quando assumiu o papel?

BL: Eu tinha uma pequena suspeita de ela iria se tornar a Suprema. Mas eles não me contaram muito. Eu só assumi que ela era uma assistente ruim e submissa que ficaria dando suco verde para as pessoas, e usando óculos e chapéus ruins.

TG: Quando você interpretou a Mallory pré-apocalipse ao invés da Mallory pós-apocalypse, o quão diferente você abordou suas performances?

BL: Eu tentei separá-las completamente pois — eu não quero estragar nada, mas as personagens são muito diferentes. A Mallory antes do apocalipse não sabe de nada sobre a Mallory após o apocalipse. Fica interessante.

TG: Amei todas as suas cenas com Leslie Grossman nessa temporada.

BL: Ela é maravilhosa. Eu a amo. É uma das minhas melhores amigas agora. Sou tão sortuda por poder trabalhar com ela nessa temporada. Vemos a história de Mallory e Coco e sua evolução. E é muito diferente do primeiro episódio onde ela era horrível com a Mallory. Acho que as pessoas ficarão satisfeitas. E isso foi muito importante para Leslie e para mim, que vocês podem conhecer a relação das duas antes do apocalipse e porque terminou daquela maneira.

TG: Mallory é uma das personagens mais importantes da temporada mas nós nem sabemos seu sobrenome. Nós descobriremos sobre seu passado no último episódio?

BL: Infelizmente, não. É Mallory, apenas Mallory. Eu disse isso em um painel e as pessoas acharam que eu estava brincando, mas é apenas Mallory.

TG: Então você imaginou qual é o seu passado e qual é sua família?

BL: Claro. Eu tento criar uma história para meus personagens, mas eu costumo estar errada 90% das vezes. Mas sim, eu imaginei que ela possuia uma conexão com a Cordelia no passado e foi assim que a interpretei. Como se Cordelia fosse um herói para ela e que ela conhecia Cordelia há bastante tempo.

TG: Já houveram muitas teorias loucas sobre Mallory até o momento, sobre o que ela pode ou não ser. Você seguiu essas teorias?

BL: Eu vi, o anjo, o anjo caído. O que mais vocês sabem? Devem saber mais do que eu. Eu só vi a do anjo, bastante. Acho que foi por causa do lindo vestido branco que vesti na cena do veado. Vestido branco? Anjo.

TG: Minha favorita dos primeiros episódios era que os fãs pensavam que você seria o novo corpo de Zoe Benson (Taissa Farmiga).

BL: Sim, eu vi isso. Taissa é incrível e as pessoas são obcecadas com ela então acho que foi por isso que pensaram nisso.

TG: A gente sente que ainda tem muito para ser encerrado, tanto nos flashbacks quanto no mundo atual. O último episódio conseguirá responder tudo ou teremos pontas soltas?

BL: Sinceramente, o final é muito satisfatório. Quando fui ler, não conseguia parar. Junta tudo perfeitamente, é incrível. Acho que as pessoas ficarão muito felizes. Foi realmente feito para os fãs.

TG: Muitos fãs acreditam que ainda há muita história para contar e eles esperam que ela continue na próxima temporada. O que acha da ideia da série quebrar o formato de antologia?

BL: Eu adoraria. Eu amo interpretar a Mallory. Ela é muito empática, incrível e inteligente e eu adoraria poder interpretá-la novamente. Mas você conhece a série. Provavelmente faremos algo diferente ano que vem e também será incrível, tenho certeza.

American Horror Story: Apocalypse é exibido todas as quintas-feiras às 01h00 (horário de Brasília) no FX USA, e exibido no Brasil no dia seguinte, quinta-feira, por volta das 15h40, no FX Brasil. Para receber novidades diárias sobre American Horror Story, siga-nos também no FacebookTwitter Instagram.

Por Gabriel Fernandes em 11 de November de 2018

Tu fui, ego eris. Arquiteto e ilustrador independente, grande fã do gênero terror.