Leslie Grossman fala sobre a socialite Coco St. Pierre, sua personagem de ‘Apocalypse’

O portal de notícias TV Line entrevistou Leslie Grossman via telefone, para falar sobre o distinto senso de humor de Coco, sobre ela ser ou não uma pessoa boa, e o que diabos Michael Langdon (Cody Fern) estará fazendo no Posto Avançado.

TV GUIDE: Mary Cherry é icônica, mas Coco St. Pierre Vanderbilt é um nome perfeito. Quando você descobriu o nome de sua personagem, você ficou tipo, “Ok. Sei exatamente quem é essa mulher”?

LESLIE GROSSMAN: Claro! Eu morri de rir. Ryan tem um dom verdadeiro para criar nomes de personagens, e isto não foi exceção, acho. Você sabe quem ela é só por ler o nome, não? É brilhante. Fiquei animada.

TV GUIDE: Sei que você é uma grande fã de Real Housewives. Você buscou alguma inspiração em alguma das Housewives para criar esta personagem rica?

LESLIE GROSSMAN: Você é dos bons, pois eu fiz isso, absolutamente. Preciso dizer, eu pensei muito em Tinsley Mortimer quando estava fazendo esta personagem. Não vejo Tinsley sendo tão cruel quanto Coco, mas ela é do tipo de mulher adulta que ainda vive como uma criança. Quero dar um prefácio a isto dizendo que amo Tinsley, ela é adorável, mas eu pensei nela enquanto interpretava Coco.

[…]

TV GUIDE: Coco tem sua própria assistente Mallory, a Sweetie para a Kim Zociak de Coco (referência de Real Housewives). Mas Coco não a trata muito bem, então podemos esperar que o carma retorne para Coco com o passar do tempo?

LESLIE GROSSMAN: Bom, isso é American Horror Story e eu não posso te dar nenhum spoiler. Você sabe que eu vou para a cadeia da série e eu não quero ir para lá. Eu te direi que as coisas ficarão bem interessantes. E algo que adoro sobre essa série, é que você jamais sabe a direção que irá seguir. E nós também não sabemos. Recebemos o roteiro e não temos ideia do que irá acontecer. Ainda estamos gravando no momento, então ainda meio que não sei o que irá acontecer. Então, eu digo que tudo ficará interessante. Eu sei que é chato não ser específica, mas não posso falar mais do que isso.

TV GUIDE: Você e Billy Eichner interpretaram um casal problemático em Cult, e agora, Coco deixou Brock para morrer em Santa Monica. Por quê você acha que Ryan Murphy continua fazendo você e Billy interpretarem casais destinados ao fim?

LESLIE GROSSMAN: Eu sei, não tenho certeza, mas adoro isso. Billy Eichner é uma das minhas pessoas favoritas na face da Terra. E infelizmente naquele episódio nós não trabalhamos juntos; somente pelo telefone. Mas a qualquer momento em que posso me conectar com ele, fico animada. Eu não sei. Acho que Ryan pensa que nós temos uma boa química juntos e ele gosta de nós dois, e fico bastante feliz pois eu amo o Billy.

TV GUIDE: Obviamente essa não foi a última vez que vimos Brock. Se ele de alguma forma sobreviveu ao apocalipse, você acha que é possível para alguém compreender a situação onde Coco o deixou para morrer?

LESLIE GROSSMAN: Eu acho que ela é bastante focada na própria sobrevivência, e fez o que tinha de fazer. Ouça, se as pessoas estivessem correndo na sua direção com armas e chaves inglesas para te matar e roubar seu avião, você sabe que naquele momento, você iria dizer, “Bom, o Brock não está aqui. Por quê eu deveria morrer se ele não está aqui ainda?” e então ela leva o cabeleireiro junto.

[…]

TV GUIDE: Coco é definitivamente sem escrúpulos. Ela nem se importou que Stu morreu, pois ele era chato e era mais uma boca para alimentar. Com isto, você acha que ela é uma pessoa boa?

LESLIE GROSSMAN: Não. De jeito nenhum! Eu não acho que ela é calejada por nenhum tipo de consciência. Ela sabe bem o que faz, o que a permite fazer todas estas decisões e acredito que ela só se foca em ter certeza que ela ficará bem. Então neste ponto, eu não acho que teremos nenhuma razão para acreditar que ela é uma boa pessoa, não é?

TV GUIDE: Coco já está se tornando uma grande favorita dos fãs. Ela realmente foi o alívio cômico na estreia e você teve ótimas frases de efeito. Você gosta de aquela que melhora o clima e conta piadas?

LESLIE GROSSMAN: Quero dizer, veja só: as digitais de Ryan Murphy estão em todas as frases incríveis de Coco. Eu acho que é muito divertido para ele escrever para aquela personagem. E eu sei que existem alguns fãs da série que só querem o horror e não gostam de nenhum humor, mesmo que seja do tipo obscuro. Eu amo. Eu acho que dá um sabor especial, e forte. Espero que as pessoas gostem. Eu sei que é algo que Ryan realmente ama, e eu adoro fazer parte disso. Estou dizendo, eu abro o roteiro e é a coisa mais engraçada do mundo e eu simplesmente amo falar coisas como aquelas para pessoas, de uma maneira que eu de jeito nenhum falaria na vida real. Então é uma de dizer quaisquer coisas horríveis que venham na sua cabeça! Então é ótimo fazer isso no trabalho.

TV GUIDE: No final da première, Coco já estava no Posto Avançado 3 por 18 meses. Ela se aproximou de algum dos moradores durante esse tempo?

LESLIE GROSSMAN: Eu acho que Coco provavelmente colhido o que plantou, pensando no quão faminta ela está. Eu acho que ela continua bastante focada em si mesma. Não acho que ela tenha criado amizades. Acredito que ela se importa com o personagem de Evan Peters. Acho que ela se importa muito, muito mesmo com ele. Mas ele só está lá para ajeitar o cabelo dela, e então ele prova ser importante em a servir. Então ela se importa com ele pois ele está ajeitando o cabelo dela, o que é importante para ela. Mas acredito que Coco é muito focada em si mesma para se interessar em criar profundas amizades.

TV GUIDE: Quando Michael Langdon chega, ele diz que vai avaliar os moradores do Posto Avançado 3 e quem irá viver ou morrer. Como será esse processo, e como Coco irá responder?

LESLIE GROSSMAN:  Você sabe, preciso ser cuidadosa com minhas palavras aqui. Me sinto horrível nestas entrevistas pois sempre quero contar tudo e não posso, mas acho que Michael Langdon irá expor várias camadas dos personagens. Acredito que a chegada dele realmente irá aprofundar o que sabemos de cada pessoa que está naquela casa, e o que o futuro aguarda por eles. Eu sei que parece suspeito, mas nós iremos descobrir muito a partir das entrevistas de Michael Langdon. Acho que muito será revelado. É isto o que direi: através das entrevistas, muito será revelado! E é aqui que irei parar.

TV GUIDE: A chegada de Michael foi a primeira conexão direta entre Murder House e Coven. Você era fã dessas temporadas antes de Apocalypse?

LESLIE GROSSMAN:  Oh meu Deus! Eu amava! Amava, amava, amava. Eu realmente amei muito Murder House e achei Coven tão fantástica e tão divertida. E eu sei que as pessoas falaram: “O que é isso? Disseram-me que seria um crossover entre Coven e Murder House!” Você tem que ter paciência com a visão de Ryan sobre como isso vai se desenvolver. E posso prometer que os pontos vão se conectar e vai ser muito satisfatório. Mas também é uma nova visão de uma história, então eu acho que será uma recompensa satisfatória para os fãs, e eu espero que eles possam deixar a história se desdobrar e ver a jornada que estamos sendo levados, porque vai ser muito, muito satisfatório e muito inteligente. Existe uma razão para tudo.

TV GUIDE: Quando você descobriu que esta seria uma temporada crossover entre Murder House/Coven, você tinha uma lista com os personagens que queria interagir?

LESLIE GROSSMAN: Meu Deus! Primeiro de tudo, cada um deles. Mas eu amo a Myrtle Snow [Frances Conroy]. Ela é um gênio. Emma [Roberts], claro, como Madison é tão icônica, hilária e fantástica. Eu amo Gabourey [Sidibe], eu amo a Taissa [Farmiga]. É muito divertido porque sou fã. É incrível estar no set com elas como esses personagens, sabe? É uma espécie de sopro na mente. Eu tento ficar calma, mas por dentro eu fico tipo “Oh meu Deus! Isso é realmente emocionante!” E será muito divertido para as pessoas verem como revisitamos esses personagens.

TV GUIDE: Sei que isso é um pouco complexo, mas eu tenho que perguntar. Em Hotel, vimos Billie Dean no ano de 2022 e o mundo ainda existia. A linha do tempo e como esta temporada se alinha com o resto do universo American Horror Story serão explicadas dentro da temporada?

LESLIE GROSSMAN:  Quer ouvir uma resposta totalmente verdadeira? Eu não faço ideia. [Risos] Eu ainda não sei o que vai acontecer. Nenhum dos atores sabe o que vai acontecer, então minha resposta honesta é que eu não sei. Mas quero muito ver. Você sabe que quando eu recebo scripts, eu estou lendo aquilo com uma fã. Então eu li algumas coisas e eu disse: “De jeito nenhum, isso é loucura!” Tipo, é tão divertido para mim quanto para qualquer outra pessoa descobrir o que vai acontecer. Então eu não sei, mas essa é uma pergunta muito boa.

Novos episódios de American Horror Story: Apocalypse estreiam no FX USA quartas-feiras, às 23h00. No Brasil, a série passa no dia seguinte no FX Brasil, às 16h00. Para receber novidades diárias sobre American Horror Story, siga-nos também no FacebookTwitter Instagram.

Por Gabriel Fernandes em 16 de September de 2018

Tu fui, ego eris. Arquiteto e ilustrador independente, grande fã do gênero terror.